Pesquise
Seleccione os critérios de pesquisa
Seleccione os Filtros
Agenda
VISITA ORIENTADA ÀS EXPOSIÇÕES
Visita Orientada
DATA
HORARIO
LOCAL
02 Jun 2018
12:30 - 13:30
Museu de Serralves
02 Jun 2018
15:30 - 16:30
Museu de Serralves
02 Jun 2018
19:30 - 20:30
Museu de Serralves
03 Jun 2018
12:30 - 13:30
Museu de Serralves
03 Jun 2018
15:30 - 16:30
Museu de Serralves
03 Jun 2018
19:30 - 20:30
Museu de Serralves
Ponto de encontro: Hall do Museu
Orientação: Patrícia do Vale e Rita Martins

Uma visita que pretende introduzir o visitante ao Museu de Arte Contemporânea de Serralves, à história da sua coleção e às exposições temporárias patentes no Museu. Construída de forma dialogante, esta visita destinada a todos os públicos constitui uma excelente oportunidade tanto para quem visita o museu pela primeira vez como para quem já nos conhece e pretenda uma apresentação e visita geral de todas as exposições que se encontram nas galerias do Museu.
IGUANAS
Música
DATA
HORARIO
LOCAL
02 Jun 2018
20:30 - 21:30
Ténis
Parceiro: Filho Único 

Este duo da editora Cafetra  deixa exposta toda a boa onda da vivência urbana miscigenada e multicultural que se abate sobre  Lisboa nos melhores dias. Iguanas alinham aquela sensibilidade pop bem descarnada de Lourenço Crespo presente em 'Nove  Canções' com a sapiência de produção e beatmaking de Leonardo Bindilatti aka Rabu Mazda. Mesmo que aqui a  coisas não  aconteçam na matemática da justaposição mas antes no compromisso orgânico e potenciador da sinergia, aglutinando uma multiplicidade de linguagens que refractam a pop, o r&b, o rap, o footwork ou a house numa teia de hooks, palavras e batidas de visão singular tão esperta quanto honesta.  

Face ao Verão de 2013 de 'Doce', a névoa narcótica e vagamente impenetrável que se abatia sobre essa estreia dissipou-se agora em "Lua Cheia” numa clareza de processos igualmente densa mas que põe em evidência todo o potencial e frescura destas canções. Canções que na sua respiração abrem vista panorâmica sobre a vivência concreta, o mundano encarado com a street smart e o anseio natural daqueles anos que se seguem à adolescência.  

Como mais um daqueles dias aparentemente singelos a circular pela cidade que vão deixando memória. "Lua Cheia” é como que  a playlist disso mesmo.

NORBERTO LOBO COM YAW TEMBE, RICARDO JACINTO E MARCO FRANCO
Música,Atividade com Acesso Privilegiado - AMIGOS
DATA
HORARIO
LOCAL
02 Jun 2018
21:00 - 22:00
Clareira das Azinheiras
Norberto Lobo juntou-se a Ricardo Jacinto, Marco Franco e Yaw Tembe para a criação do seu mais recente álbum "Estrela", depois de ao longo de 2017 ter estado em residência na Galeria Zé dos Bois. Norberto é um nome sonante da música portuguesa e muito conhecido pela sua forte relação com a guitarra, instrumento que não representa o papel principal no álbum sucessor de "Muxama". Numa combinação de sons que envolvem a guitarra e a bateria, o violoncelo e o trompete, Estrela é o resultado de uma fusão de influências musicais que levam a música de Norberto a outro patamar. 

Imagem (c) Vera Marmelo

THOMAS ANKERSMIT
Música
DATA
HORARIO
LOCAL
02 Jun 2018
21:00 - 21:40
Museu (Sala de Madeira)
Thomas Ankersmit é um músico e compositor holandês sediado em Berlim e Amsterdão. Desde 2006, o seu principal instrumento é o sintetizador analógico modular Serge e o seu trabalho centrado em torno de fenómenos acústicos, como reverberações sonoras, vibrações infra-sónicas, emissões otoacústicas e projeções altamente direcionais do som. Ankersmit mantém colaborações de longa duração com o minimalista norte-americano Phill Niblock e com o compositor italiano Valerio Tricoli. O seu trabalho foi apresentado em locais como Hamburger Bahnhof e KW, Berlim; Museu Stedelijk, Amsterdão; Kunsthalle, Basileia; MoMA PS1, Nova Iorque; e em festivais de música experimental e contemporânea em todo o mundo.
NIHILOXICA
Música
DATA
HORARIO
LOCAL
02 Jun 2018
21:45 - 22:45
Ténis
Nihiloxica reúne o grupo de percussão indígena Nilotica Cultural Ensemble, o baterista britânico Spooky J, e um sintetizador analógico para uma visão contemporânea e híbrida dos tradicionais sons do Buganda e Busogo da região de Kampala, no Uganda.

Aqui, combinam-se energias das músicas ritualísticas da região presentes nas cerimónias tradicionais de circuncisão com o lado negro do underground europeu. 
O projeto colaborativo aparece por via da editora Nyege Nyege Tapes, uma etiqueta baseada em Kampala criada em janeiro de 2016 para "explorar, produzir e lançar” música outsider da África Oriental e Central.

Nihiloxica oferece uma fuga aos centros de inovação atuais da África oriental e representa uma verdadeira viagem para o darkside.