VOLTAR

Gustavo Círiaco
Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos
Imagem Preset XL
02 Junho
16:00
Artes Performativas
Casa de Serralves

Concepção e direção artística: Gustavo Ciríaco

Assistência de direção: Sara Zita Correia

Coprodução: Companhia Instável

Intérpretes: Tiago Barbosa, Rodrigo Andreolli, Sara Zita, João Gabriel Lima

Coreográfica: Ana Rita Xavier Arianna Romano Carlos Alves Catarina Saraiva Elsa Pereira Fabricio Silva Gabrielle Mendieta Ioanna Toliou Lara Serpi Larissa Dias Maria Inês Costa Maria Pyatkova Matilde Tudela Sofia Alvernaz e Thamiris Carvalho

Sonoplastia: Bruno Humberto

Técnico de luz: Tomás Ribas e Amanda Copstein

Cenografia: Sara Vieira Marques

Figurino: Sara Zita Correia

Produção executiva: Sinara Suzin

Management: Jesse James | Anda & Fala

Coprodução: Teatro Nacional Dona Maria II, Alkantara Festival, 23 Milhas – Centro Cultural de Ílhavo, Walk & Talk Festival de Artes

Residências de criação: Walk&Talk Festival de Artes, Espaço do Tempo, Devir-CAPA, 23 Milhas – Centro Cultural de Ílhavo, TNDM II e Teatro Micaelense

Residência de pesquisa: Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, através do seu programa Artista Residente 2017.

Teatro, em sua origem grega “theatron”, significa lugar de onde se vê. CORTADO POR TODOS OS LADOS, ABERTO POR TODOS OS CANTOS, concebido pelo artista brasileiro Gustavo Círiaco chama-nos para este primeiro instante de ativação do teatro, onde o espectador posiciona-se num lugar com vista e transporta-o para o museu. Inspirado no modo subtil como os artistas minimalistas incluíam algum tipo de interação em suas obras, CORTADO POR TODOS OS LADOS, ABERTO POR TODOS OS CANTOS adota o mesmo procedimento para reconfigurar o interior e o exterior da Casa e Parque de Serralves numa exposição itinerante através da arquitetura como escultura expandida. Gustavo Ciriaco é coreógrafo, performer e artista contextual (Rio de Janeiro, 1969). Formado em Ciências Sociais pela UFRJ (88-92) e em dança pela Escola Angel Vianna (92-95), trabalha internacionalmente na Europa, América Latina, Ásia e Oriente Médio em projetos transversais envolvendo arquitetura, artes visuais e do espetáculo. Tem atuado em projetos no espaço urbano e em paisagens, em peças conversacionais, em performances e mais recentemente em projetos de museu.